Pular para o conteúdo principal

Destaques

10 coisas que ninguém conta para a noiva

Gente esse texto da Ruth Manus que saiu no Estadão ontem está demais mesmo.

Na verdade, o texto se refere especificamente do dia do CASAMENTO... Tem muitas coisas, dos preparativos, que ninguém conta também. Quem sabe me empolgo e escrevo sobre isso em breve.

Enquanto isso veja as dicas



Tráfico de informações privilegiadas para noivas

Nunca achei que eu tinha muita vocação para ser noiva, preparando pacientemente cada detalhe de uma festa. Me casei no mês passado e confirmei toda a minha suspeita de não achar a menor graça em escolher cor de toalha de mesa, espessura do papel do convite e arranjo para o cabelo. Eu escolhi, mas confesso que preferia estar tomando uma cerveja, comendo batatinha e falando bobagem. Tudo bem, deu tudo certo.
Mas ao longo do processo/parto de preparação do casamento as pessoas me diziam mil coisas: você vai surtar, você vai emagrecer, toda noiva emagrece, toda noiva fica nervosa, a festa vai passar em um segundo, você vai querer suas amigas perto de você, v…

Amor & Vida

A felicidade não é estabelecida pelo título acadêmico, pela posição social, pelo cargo ocupado numa organização ou empresa, tampouco pela idade. O que conta é o coração ou a mente. O coração pode estar envolto pela escuridão ou ignorância; ou pode resplandecer de forma sublime, como a entidade da Lei Mística, livre dessa ignorância. A mente encoberta pela ilusão é facilmente apanhada numa espiral decadente de sofrimento e negatividade, e as aflições do nascimento e da morte só tendem a se intensificar. Em contrapartida, uma mente iluminada — que brilha como entidade da Lei Mística — entra na órbita ascendente de otimismo e esperança e tem o poder de transformar tudo o que é negativo em positivo. O potencial de ambos os estados da mente existe no interior de cada ser humano. A ignorância e a iluminação são, fundamentalmente, dois aspectos inseparáveis. Portanto, a entidade de uma “mente que se encontra encoberta pela ilusão da escuridão inata da vida” resplandecerá como uma joia reluzente da “natureza essencial dos fenômenos e da realidade”. Podemos transformar a ignorância em iluminação e converter, dessa forma, o veneno em remédio. Por isso, a Lei é descrita como “mística” ou “maravilhosa”.

BUDISMO :P


O que é então
essa ligação entre nós,
essa coisa inexplicável?
Aonde vão esses destinos que se amarram
para nos deixar inseparáveis?
(...)
O que é então
o que nos separa
que por acaso nos reuniu
por que tantas idas, tantas partidas
nessa roda infinita?
(...)

Partimos sem saber que
estamos sempre
na mesma história.

(Trechos traduzidos da música: La Même Histoire - Feist)

AMOR :P

Comentários

Postagens mais visitadas