Como ter jogo de cintura da hora de montar a lista de convidados para seu casamento?




Queridas leitoras hoje, vamos falar de assunto digamos um tanto ‘’polêmico’’, a LISTA DE CONVIDADOS.
Quando o assunto é fazer a festa de casamento tudo parece ser lindo, divertido e realizador até que..... é chegada a hora de montar a lista de convidados para a cerimônia.
Seja uma cerimônia de pequeno ou grande porte, a lista de convidados faz com que muitos casais percam o sono por conta disso.
Um dos principais motivos pelo qual resolvemos escrever este post foi devido a diversos relatos enviados na nossa lista vip por algumas de vocês.

Falando em lista vip se você ainda não faz parte. ACESSE AQUI e se cadastre!


Pois é, tenho certeza que muitas de vocês se identificaram com a experiência não é mesmo?
Quem já casou ou quem está nos preparativos para o Grande Dia sabe muito bem que a lista de convidados é uma das tarefas mais complicada e sem dúvida, um assunto bem delicado.
A cerimônia de casamento é visto como o início de um novo ciclo para o casal.
É neste evento, onde queremos por perto pessoas importantes que,  de alguma forma colaboraram para crescimento de cada pessoa, bem como fez parte também da história  do casal.
Porém, a verdade é que a lista de convidados não envolve apenas a vontade do casal.
O casamento e a lista de convidados envolvem diversas relações familiares como os desejos dos pais, do sogro, da sogra e até mesmo em alguns casos, vontades de irmãos e irmãs.
Mas afinal, quem realmente deve fazer parte da lista de convidados?





Para se dizer a verdade, não existe uma fórmula dedicada para se criar a lista IDEAL de convidados para uma festa de casamento.
Dissemos isso pois, cada cerimônia possui uma história diferente e sim, diversos fatores são levados em consideração no momento da montagem da lista de convidados.
Vamos explicar algumas situações e dar algumas dicas de como agir   nessas situações:

 - Quem está financiando o casamento? Muitas vezes, os pais do noivo e da noiva participam do orçamento do evento e por isso, na hora de atender um pedido dos pais é necessário entender e compreender que, devido ao fato de haver uma contribuição financeira é  necessário abrir uma cota de convites pois afinal, é o filho ou a filha deles que está casando e para eles este evento pode ser tão importante quanto para os noivos.
Por isso, usar a transparência e diálogo neste momento é de extrema importância para que mantenha a harmonia e respeito entre toda a família.
Ah, mas aí você pode dizer que existe casos de familiares que `` abusam`` no número de pessoas que desejam inserir na lista de convidados não é mesmo?
Sim, é muito comum pais quererem convidar um número grande de amigos que nem se quer faz parte da historia dos noivos.
 Neste momento, vale aquela conversa pacífica, no qual com  muito carinho, o casal deve explicar aos pais o quanto gostariam que a cerimônia  fosse um pouco mais íntima, ou que, com tantas pessoas  desconhecidas para o casal, temem que a festa fique um pouco `` fria``  pelo fato de não conhecerem tantas pessoas.
Lembre-se, este é um momento muito especial e por isso, vale a pena colocar a sensibilidade e compreensão a frente de algumas vontades visando chegar a uma lista de convidados que primeiramente agrade aos noivos mas, que também neste caso, deixe os pais de ambas as partes satisfeitos.
- Casamento financiado 100% pelos noivos.Sim, hoje é totalmente comum as cerimônias de casamento serem financiadas 100% pelo casal. Nessas situações, o casal passa a ter um pouco mais de liberdade na hora de dizer um `` infelizmente, não``para os pais do noivo ou da noiva quando solicitado a inserção de pessoas desconhecidas para o casal na lista de convidados.
Claro que,  é necessário ter a sensibilidade de avaliar novamente o quanto determinado convidado é importante para seus pais ou do noivo.
Mas se você ainda não sabe como avaliar se deve ou não aprovar determinado convite, segue abaixo outras dicas:
 - Porte do evento:  tenha em mente um número máximo de convidados para não se surpreender e não ter dor de cabeça com orçamento, afinal, o custo de cada convidado pode ser alto no final do evento.
 - Local do casamento: por mais que vocês tenham a boa vontade de convidar todo mundo que seus pais desejam, é necessário avaliar se o espaço locado comporta ou não um número maior de pessoas.
Lembre-se o objetivo é acomodar com conforto e tranquilidade o número ideal de pessoas.
 - Prioridades: se estiver muito difícil encaixar todos os desejos da lista de convidados, você e seu noivo podem passar um número fechado aos pais dos noivos e dizer que eles possuem esta cota de convidados, assim, caberá a eles priorizarem seus convidados especiais.

Para Roberto Cohen, o cerimonialista de muitos artistas e com mais de 30 anos de experiência no ramo afirma que: 

``..A preparação do casamento é o primeiro exercício de convivência entre as famílias..``



Roberto já se deparou com inúmeras situações durante o processo da montagem da lista de convidados e afirma que:

A montagem da lista de casamento é realmente algo extremamente pessoal, pois envolve desde questões financeiras até mesmo o nível de relação entre os familiares.

Bom, esperamos que nosso artigo de hoje tenha ajudado um pouquinho nesta árdua tarefa.

Lembre-se, este é um dos momentos mais especiais e por isso não deixe que o estresse ou a discordância entre opiniões estrague este lindo momento.
Tente lidar com sensibilidade, respeito e diálogo.
Se tiver mais alguma dúvida assine nossa lista vip e participe! Além de receber cupons de descontos exclusivos para assinantes!




Comentários

Dedê Camilo disse…
Muito bom. Parabens pelo texto.

Postagens mais visitadas deste blog

7 tendências de bolo que vão encantar no seu casamento

Maquiagem de Noiva 2016: Como escolher a Maquiagem para o Grande dia? Quais as tendências de maquiagem para noivas?

10 cores tendência para decoração de casamento no outono ou inverno!